A precisão e a confiança dos sistemas que identificam os seres humanos a partir de características biométricas, sejam pela imagem da face, ou as já sobejamente conhecidas impressões digitais, podem ser abaladas de forma significativa pelo inevitável envelhecimento humano.

Este é o tema central de um importante trabalho científico, talvez o primeiro do tipo, que mostra os efeitos do envelhecimento humano na biometria.

Editado pela Universidade de Kent, pelo Professor Mike Fairhurst, um dos principais pesquisadores de biometria no Reino Unido1. O livro reúne especialistas internacionais que debatem os efeitos que o envelhecimento podem causar na maneira que são concebidos e desenvolvidos os sistemas de informação baseados em biometria. Destaca igualmente os obstáculos que tais fatores da idade podem ter sobre a utilização destes sistemas, sobretudo os "sistema de medição" que podem falhar considerando as alterações nos dados biométricos de um indivíduo, como as mudanças faciais causadas pela velhice.

Entretanto, o livro também aborda aspectos positivos ligados ao fator idade e como estes podem contribuir para o estabelecimento de uma visão mais abrangente dos dados biométricos do indivíduo. Par exemplo, se podemos estimar a idade de alguém, logo esta informação pode ser utilizada para dar uma maior confiança na sua identificação. Assim, sistemas podem ser utilizados para "predizer" a idade, o que poderia ser útil em diversas aplicações, notadamente da vida previdenciária.

O Professor Fairhurst declarou que "as tecnologias biométricas estão muito bem estabelecidas, no entanto nós devemos agora refletir sobre a forma que utilizamos esses sistemas a longo termo. Compreender a relação entre a idade e a natureza das medidas biométricas é muito importante na produção da próxima geração de sistemas de identificação biométricos, mas é um elemento igualmente importante no alargamento da gama de aplicações onde a biometria pode ter uma vantagem significativa".

Ver: http://phys.org/news/2013-11-biometrics-human-aging.html http://www.biometrie-online.net/actualites/annonces-communiques/409-la-biometrie-doit-repondre-au-vieillissement-humain

 
Revisão v. 1.1
 
  1. Prof. Fairhurst dirige um grupe de pesquisa sobre os processos fundamentais da análise da imagem e do reconhecimento das formas, com especial interesse em aplicações em segurança e biometria. É igualmente redator chefe da Revista científica sobre biometria IET. []