RenatoMartini.Net

Comandos equivalentes Unix-OpenVMS


Comandos do OpenVMS com o seus equivalentes Unix1:
(Leia nas "Referências" abaixo as muitas variações desta listagem)



 Para...   OpenVMS   UNIX
Listar arquivos DIRECTORY ou DIRECTORY/FULL ls ou ls -l
Mostrar arquivo com pausa TYPE/PAUSE cat | more
Copiar arquivo COPY cp
Procura string em arquivo SEARCH grep
Altera proteção de arquivo SET FILE/PROT chmod
Altera dono do arquivo SET FILE/OWNER chown
Mostra diretório atual SHOW DEFAULT pwd
Muda de diretório SET DEFAULT cd
Cria diretório/subdir. CREATE/DIR mkdir
Tela de ajuda HELP man
Mostra hr/data SHOW TIME date
Mostra espaço em disco SHOW DEV df
Mostra processos2 SHOW PROC ps
Mostra as variáveis de ambiente SHOW LOGICAL printenv
Mostra recursos usados por um processo3 SHOW STATUS time
Mostra comandos usados RECALL /ALL history
Interrompe processos STOP kill
Muda password SET PASSWORD passwd
Configurar "$display"4 SET DISPLAY/CREATE set display
Lista usuários SHOW USERS who
Ecoa mensagem na tela WRITE SYS$OUTPUT echo
Mostra mensagens de outros usuários SET TERMINAL/BROADCAST mesg y
Não mostra mensagens de outros usuários SET TERMINAL/BROADCAST mesg n


Referência:
http://www.physnet.uni-hamburg.de/physnet/vms-unix-commands.html
https://www.mpp.mpg.de/~huber/vmsdoc/unix_vms_cmd_xref.html
http://unixhelp.ed.ac.uk/VMStoUNIX.html
http://www.oracletips.info/Ivmsunix.htm
http://www2.hmc.edu/www_common/VMS/os/vs_unix/unix2vms.html

 
Revisão v. 1.2
 

  1. Observação:o OpenVMS diferentemente do Unix não é case sensitive, "dir" ou "DIR" são o mesmo, além do mais ele pode encurtar ou abreviar os comandos/parâmetros/qualificadores, desde que não haja coincidências ou ambiguidade, — e se ela ocorrer o OpenVMS avisará com o seguinte aviso: "%DCL-W-ABVERB, ambiguous command verb - supply more characters". []
  2. $ SHOW PROC
    7-SEP-2013 15:28:06.49 User: SYSTEM Process ID: 00000279
    Node: KANT Process name: "_TTA0:"
    Terminal: TTA0:
    User Identifier: [SYSTEM]
    Base priority: 4
    Default file spec: SYS$SYSROOT:[SYSMGR]
    Number of Kthreads: 1
    Devices allocated: KANT$TTA0:
    Soft CPU Affinity: off
    []
  3. $ show status
    Status on 7-SEP-2013 12:23:37.94 Elapsed CPU : 0 00:00:00.15
    Buff. I/O : 336 Cur. ws. : 4096 Open files : 0
    Dir. I/O : 89 Phys. Mem. : 1648 Page Faults : 615
    []
  4. $ SET DISPLAY/CREATE/NODE=1.2.3.4/TRANS=TCPIP
    $ SHOW DISPLAY
    Device: WSA1: [super]
    Node: 1.2.3.4
    Transport: TCPIP
    Server: 0
    Screen: 0
    []

Categories: OpenVMS, Unix

Arquivos no OpenVMS (Introdução) » « Discos novos no OpenVMS

5 Comments

  1. Bom dia, Renato!

    Tenho um antigo VAXStation 4000 que gostaria de doar. Comprei há alguns anos, para brincar com OpenVMS, e agora está só ocupando espaço aqui em casa. Me diverti muito com essa coisa, e queria que ela fosse para um bom lar. Se você souber de alguém que tenha interesse, por favor passe o meu contato. Obrigado!!

  2. Olá, Renato!
    Trabalhei em duas oportunidades, como Operador de Sistema, com VMS – VAX Digital/Compaq (Promon Geofísica ) e OpenVMS – Alpha Server (PREVI). Já estou a bastante tempo afastado desse Sistema, mas gostaria muito de voltar a trabalhar com ele.
    Saberia informar alguma empresa que poderei ter alguma oportunidade?

    Desde já fico grato.

    Abs.
    Samuel Amaral

    • Renato Martini

      2 de dezembro de 2014 — 20:18

      Olá Samuel, deixa comigo, se eu receber algum pedido farei a devida referência. O VMS pra mim é mais um divertimento, que trabalho propriamente. Ok? Vc quer que eu libere a publicação do teu comentário?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Copyright © 2017 RenatoMartini.Net

Theme by Anders NorenUp ↑